É comum uma pessoa magra não ser tão saudável assim, a genética em alguns casos contribui para que a pessoa coma de tudo e permaneça magra, mesmo sendo sedentária e não tendo uma dieta exemplar. Mas, a pior parte disso são os perigos que se escondem por trás da má alimentação, como as gorduras maléficas para o coração, caracterizando aumento da taxa de colesterol (LDL). Pessoas obesas também sofrem disso, e a causa também pode ser genética, já que tendências são tanto para bem, quanto para o mal na área da saúde. Quando você que tem colesterol alto inicia uma nova rotina, incluindo atividades físicas, alimentos naturais e menos frituras e se esforça para ser mais saudável, mas mesmo assim o número não cai, o remédio mais receitado é a sinvastatina. Mas, cuidado que a sinvastatina efeitos colaterais existe, e isso pode atrapalhar seu tratamento.




sinvastatina1

A sinvastatina é usada para auxiliar no combate de doenças coronárias também, assim como reduz o risco por morte com AVC (acidente vascular cerebral). Um dos perigos da sinvastatina é que em algumas pessoas que fizeram o tratamento, ela apresentou como efeito colateral a perda de peso, por isso ela é bem procurada por pessoas que querem diminuir o peso. Mas, na realidade, a redução de peso ocorre porque os pacientes começam uma dieta e exercícios, ela ajuda apenas a livrar o corpo da gordura ruim. A sinvastatina e seus efeitos colaterais mais comuns estão ligados ao desregulamento gastro-intestinal e dores de cabeça, mas há outros efeitos adversos como náusea, anemia, tontura, alergia e câimbras.

sinvastatina2

O uso da sinvastatina é recomendado quando o paciente não evolui no quadro clínico de melhora e precisa de ajuda para amenizar o problema. A partir do momento que o colesterol sai da faixa de risco, o médico suspenderá seu uso. Se você não sofre de doenças do coração, risco de AVC ou colesterol alto, não tome esse remédio, a sinvastatina efeitos colaterais não valem à pena para perder peso.